Consultar: Instituto de Biologia - IB

Título [Principal]: Estudo citogenetico e das relações filogeneticas de Engystomops petersi e Engystomops sp. (Anura, Leiuperidae)
Título [Outro Idioma]: Cytogenetics and phylogenetics studies of Engystomops petersi and Engystomops sp. (Anura, Leiuperidae)
Autor(es): Cintia Pelegrineti Targueta de Azevedo Brito
Palavras-chave [PT]:

Engystomops , Anuro , Anfibio , Citogenetica , Filogenia
Palavras-chave [EN]:
Engystomops , Anura , Amphibians , Cytogenetics , Phylogeny ,
Área de concentração: Biologia Celular
Titulação: Mestre em Biologia Celular e Estrutural
Banca:
Luciana Bolsoni Lourenço Morandini [Orientador]
Ana Paulsa Zampieri Silva de Pietri
João Miguel de Barros
Resumo:
Resumo: O anuro Engystomops petersi está amplamente distribuído na bacia Amazônia, compreendendo países como o Brasil, Equador, Peru e Bolívia. Estudos prévios já descreveram variações no canto e também variações genéticas nesse anuro. Nós apresentamos aqui uma análise citogenética da população de Puyo (Equador), um sítio que inclui a região descrita como sendo a localidade-tipo dessa espécie, duas outras populações Equatorianas que apresentam isolamento pré-zigótico (Yasuní e La Selva), e uma população Brasileira do Estado do Acre. Todos os espécimes analisados citogeneticamente foram também incluídos em estudos filogenéticos utilizando seqüências de DNA mitocondrial. A sequência de parte de um gene nuclear (rodopsina) também foi utilizada neste trabalho. Uma enorme variação citogenética foi encontrada e muitos padrões cariotípicos puderam ser observados, mesmo entre populações que não apresentam isolamento pré-zigótico. Este resultado nos permite sugerir que dados cariotípicos podem ter participado no processo de especiação de Engystomops. Populações de Puyo e do Acre apresentaram cromossomos sexuais heteromórficos compondo o sistema XX/XY, o que não foi identificado nas outras populações Equatorianas. Já que as populações Equatorianas estão localizadas em um clado separado das populações do Acre, nós sugerimos a hipótese de que a presença dos cromossomos sexuais X e Y seja um caráter plesiomórfico neste grupo. A análise do gene nuclear permitiu ainda identificar seis SNPs (Polimorfismos de simples nucleotídeos) e alguns espécimes heterozigotos para esses sítios. As variações cariotípicos e moleculares aqui apresentados, em conjunto com os dados previamente descritos, corroboram a hipótese de que Engystomops petersi seja um complexo de espécies e sugerem que eventos de hibridação e introgressão possam ter ocorrido entre as populações desse grupo.

Abstract: The frog Engystomops petersi is widely distributed in the Amazon basin. Genetic divergence and speciation mechanisms of E. petersi populations have been inferred mainly from mitochondria DNA (mtDNA) and microsatellite polymorphisms, male advertisement call and sexual selection. In spite of the significant progress resulting from these studies, many cytogenetic, taxonomic and evolutionary aspects of E. petersi populations remain unclear. In the present study, cytogenetic analysis and nucleotide divergence in mtDNA and in the rhodopsin nuclear gene of E. petersi populations are described in an attempt to contribute to the understanding of this anuran. High cytogenetic variation distinguished karyotypic patterns, which included two populations with no prezygotic isolation. The Puyo and Acre populations showed heteromorphic sexual chromosomes (XX/XY), which were not identified in the other Equatorial populations. Since all the Equatorial populations were placed in a clade separated from the Acre populations, we hypothesize that the sex chromosomes X and Y is a plesiomorphic condition in this group. The results from mtDNA found here were very similar to those found in previous studies. In the rhodopsine nucleotide sequences, 6 SNPs (Single Nucleotide Polymorphism) were identified and various specimens were heterozygous for these nucleotide sites. The karyotypic and molecular data presented herein, in conjunction with previously reported data, corroborate the hypothesis that Engystomops petersi is a complex of distinct species and suggested hybridization and introgression events between populations. Moreover, tha data indicated that karyotypic evolution patterns may have played a substantial role in the Engystomops speciation.
Data de Defesa: 16-02-2009
Código: 000441157
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2009
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Luciana Bolsoni Lourenço Morandini
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Biologia
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Estrutural

Dono: admin
Criado: 10-06-2009 15:07
Visitas: 1142
Downloads: 43

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Brito, Cintia Pelegrineti Targueta de Azevedo_M.pdfDocumento PDF5102 Kb(5224061 bytes)3 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download