Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [Principal]: Avaliação institucional em escolas publicas de ensino fundamental de Campinas
Título [Outro Idioma]: Institutional evaluation in the public schools on the elementary degree of education in Campinas
Autor(es): Geraldo Antonio Betini
Palavras-chave [PT]:

Politicas publicas , Avaliação institucional , Escolas - Organização e administração , Participação , Qualidade , Projeto politico-pedagogico
Palavras-chave [EN]:
Public policy , Institutional Evaluation , School Management , Participation , Quality , Educational political project ,
Área de concentração: Ensino e Praticas Culturais
Titulação: Doutor em Educação
Banca:
Luiz Carlos de Freitas [Orientador]
Luis Enrique Aguilar
Mara Regina Lemes De Sordi
Sandra Maria Zakia Lian Sousa
Regiane Helena Bertagna
Resumo:
Resumo: Essa pesquisa tem como objetivo analisar como a Avaliação Institucional Participativa (AIP) pode contribuir para a qualidade social das escolas públicas de ensino fundamental de Campinas, partindo da hipótese de que: é possível a escola pública de ensino fundamental desenvolver e implementar processos próprios de avaliação institucional participativa que levem à reflexão e ação sobre a educação oferecida à população que a freqüenta e melhorar a qualidade social da educação escolar? A pesquisa teve a sua origem no Projeto Geres - Geração escolar 2005 - porém como iniciativa do Pólo Campinas, coordenada pelo Laboratório de Observação e Estudos Descritivos (LOED) da Faculdade de Educação da UNICAMP. O LOED se propôs oferecer às escolas que aderissem ao Projeto AIP suporte técnico e metodológico por meio da figura do apoiador e/ou pesquisador em ação direta junto às escolas, porém não conduzindo os trabalhos, mas oferecendo orientação para que as escolas por intermédio da Comissão Própria de Avaliação implementassem processos próprios de avaliação e de auto-avaliação. A pesquisa, a princípio, foi conduzida em três escolas municipais de ensino fundamental de Campinas. Porém, com a desistência de uma delas, o trabalho foi desenvolvido em todas as etapas do processo apenas com duas. Outras fontes de dados foram pesquisadas, envolvendo, principalmente, uma escola privada e outra estadual, cujo objetivo foi entender porque desistiram de participar do projeto, pois esse levantamento de dados pode ajudar na compreensão do fenômeno estudado. Para a coleta de dados foram utilizadas a observação participativa, questionários e entrevistas. Os dados coletados foram registrados no diário de campo do pesquisador. A utilização do método analítico-descritivo proporcionou uma visão da totalidade do trabalho, mostrando os caminhos percorridos, desafios e resultados. Como referencial teórico trazemos para discussão a realidade da educação brasileira, um olhar sobre a avaliação institucional no Brasil e os pressupostos da avaliação institucional participativa, conceitos fundamentais para que a avaliação institucional seja uma opção que ajude a transformar o cotidiano escolar. Quanto às possibilidades e limites da avaliação institucional participativa em escolas públicas de ensino fundamental, a constatação é de que existem alguns fatores decisivos para sua implementação. Destacamos o papel da direção da escola, do poder público, provendo condições objetivas de participação efetiva do professor e de toda a comunidade escolar que podem influenciar principalmente a continuidade de processos de avaliação e auto-avaliação. A relação bilateral entre escola e poder público talvez seja o caminho para que a avaliação institucional participativa seja uma realidade nas escolas públias de ensino fundamental. O modelo de AIP proposto pelo LOED pretende ser um elemento potencializador da participação coletiva e da qualidade social das escolas públicas de ensino fundamental. Essa pesquisa não se completa em si mesma, pois representa um estágio da avaliação institucional participativa nas escolas públicas de ensino fundamental, dado o momento histórico pelo qual passa a educação brasileira. O debate deve continuar e outras pesquisas empreendidas na área na busca da compreensão do campo e da crítica da AIP em escolas públicas de ensino fundamental.

Abstract: This research has the objective of analyze how the participate institutional evaluation can contribute for the social quality of public schools of the elementary degree of education in Campinas, starting from the hypothesis that: is it possible for the public school o elementary degree of education to develop and to implement its own processes of participative institutional education that lead to reflection and action on the education offered to the population that participates in it and to improve the social quality of school education? The research has its origin in the Geres Project - School generation 2005 - however as an initiative of the Campinas Pole, coordinated by the Laboratory of Observation and Descriptive Studies (LOED) of the Education College of UNICAMP. The LOED proposed to offer the schools that would join the technical and methodological support of the PIE Project through the image of the supporter and/or researcher in direct actions with the schools, whereas not conducting the jobs, but offering guidance so that the schools could implement its own processes of evaluation and self-evaluation by using their Autonomous Evaluation Committee. The research at the beginning was conducted in three city schools of elementary degree of education in Campinas. However, with the abandonment of one of them, the work was developed in all of the project's steps in just two of them. Other sources of data were researched, involving, mainly, one private school and another state one, which objective was to understand why they abandoned the project, because this collection of data enabled the comprehension of the studied phenomenon. For the data collection, were used the participative observation, questionnaires and interviews. The collected data were registered in the researcher's field diary. The utilization of the analytic-descriptive method provided a preview of totality of the research, showing the paths that had already been crossed, the challenges and results. As a theoretical reference we bring to discussion the Brazilian education reality, one look over the institutional evaluation in Brazil and the assumptions of the participative institutional evaluation, fundamental concepts so that the institutional evaluation becomes an option that helps to transform the school's routine. Regarding the possibilities and limits of the participative institutional evaluation in public schools of elementary degree, the facts are that there are some decisive factors to its implementation. We outline the job of the school's management, of the public power, promoting objective conditions of effective participation of the teacher and all of the school community that can mainly influence the continuance of processes of evaluation and self-evaluation. The bilateral relation between school and public power might be the way to the participative institutional evaluation becomes a reality in the public schools of elementary degree. The model of the PIE proposed by the LOED intends to be one potential element of collective participation and of social quality of the public schools of elementary education. This research does not complete in itself, once it represents one stage in the participative institutional evaluation in public schools of elementary degree, given the historical moment in which the Brazilian education is experiencing. The debate must continue and other researches must be endeavored in the area in the quest for comprehension of the field and of the critic of the PIE in public schools of the elementary degree.
Data de Defesa: 18-02-2009
Código: 000439788
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2009
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Luiz Carlos de Freitas
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Educação

Dono: fe_ve
Criado: 02-07-2009 22:47
Visitas: 3732
Downloads: 217

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Betini, Geraldo Antonio.pdfDocumento PDF2434 Kb(2492537 bytes)2 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download