Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Auto-eficacia no contexto escolar e na area da saude : uma analise das produções cientificas nacionais
Autor(es): Livia Lopes Rosa
Palavras-chave [PT]:

Auto-eficácia, Contexto escolar, Saúde
Resumo:
Resumo: A auto-eficácia é um constructo criado por Albert Bandura com o objetivo de compreender melhor o comportamento humano, em relação às crenças e expectativas que as pessoas têm de si mesmas. E um julgamento sobre a própria capacidade de obter um certo desempenho ou resultado em uma determinada tarefa. No contexto escolar, ela tem sido compreendida como a crença na propria capacidade de provocar um efeito produtivo e relevante, não apenas na quantidade, mas também na qualidade do envolvimento e aprendizagem, permitindo, assim, que professores e alunos tomem consciência de suas próprias capacidades, melhorando, também, 0 relacionamento entre eles. A investigação da auto-eficácia na área da saúde é também de grande importância para compreender como são formadas as crenças de uma pessoa a respeito da sua capacidade em atuar com êxito nas situações cotidianas da vida, como, por exemplo, frente a algum evento estressante e, até mesmo, durante o envelhecimento. Tendo em vista a importância do estudo da auto-eficácia, o presente trabalho de conclusão de curso tem como objetivo identificar os trabalhos nacionais que discutem este mesmo tema, verificando como a autoeficacia tem aparecido no contexto escolar e na área da saúde; quais as variáveis associadas a este constructo e como tem sido mensurado. O material utilizado para este levantamento foi encontrado em livros e nos principais periódicos de Educação e Psicologia, publicados no periodo de 1996 a 2008. Os periódicos pesquisados são publicações das principais universidades do país e de associações nacionais de Psicologia. Foram encontrados somente quinze trabalhos (classificados como estudos teóricos ou pesquisas quantitativas), sendo oito relacionados ao contexto escolar e sete à área da saúde, constatando-se, assim, a carência de estudos nacionais a respeito das crenças de auto-eficácia. Os resultados indicam que essas crenças fazem parte dos fatores que compõem os mecanismos psicológicos da motivação do aluno e devem ser constantemente estimuladas pelo professor. Baixos sensos de auto-eficácia estão relacionados a elevados níveis de ansiedade e podem limitar não apenas as escolhas profissionais como os esforços despendidos nas disciplinas. Na área da saúde, os resultados das pesquisas mostram que os idosos parecem possuir um senso de auto-eficácia mais baixo do que osjovens, associando-se, assim, baixas crenças de auto-eficácia com maiores riscos para a depressão. Da mesma forma, o nível de auto-eficácia está reiacionado à adesão ao tratamento anti-retroviralg a memoria prospectiva; e a dificuldade de comunicação e interação social de pessoas com autismo.
Código: 000437179
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2008
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Evely Boruchovitch

Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação
Nível: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 29-07-2011 09:28
Visitas: 947
Downloads: 1384

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Rosa, Lívia Lopes_TCC.pdfDocumento PDF1328 Kb(1360381 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download