Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: A relação entre trabalho, educação e desqualificação no modo de produção capitalista
Autor(es): Juliana Stradiotto
Palavras-chave [PT]:

Educação para o trabalho , Trabalho , Educação , Capitalismo
Resumo:
Resumo: O presente trabalho é uma pesquisa bibliográfica, que abrange a leitura e analise de vários autores das áreas da sociologia e da educação. Um dos objetivos desta pesquisa e pompreender as diversas contribuições científicas sobre o tema; no caso, trabalho, educação e desqualificação. A base principal é a teoria Marxista, por isso estudamos alguns autores que analisam o man-rismo e outros fatores que envolvem a sociedade capitalista. Para compreender a sociedade em que vivemos atualmente, analisarmos vários aspectos do modo de produção capitalista, entre eles a transição do feudalismo para o capitalismo, a dinâmica do trabalho capitalista e as relações entre escola e trabalho, sobretudo a divisão, desqualificação e alienação do trabalhador. É importante ressaltar a importância de Marx na elaboração desta pesquisa; por meio da sua teoria é possivel visualizar os processos de exploração do trabalho, ou melhor, a dinâmica da sociedade. A cooperação, a manufatura e a indústria são fases do capitalismo que mostram como o desenvolvimento da tecnologia e da ciência é utilizado de aoordo oom os interesses do capital, aumentando a desigualdade social. O fordismo e o taylorismo são modelos de produção que estão baseados no controle sobre o trabalhador pela gerencia, bem como a busea pelo aumento da produtividade e diminuição dos gastos. Posteriormente, temos o toyotismo, que agrega a tecnologia às características anteriormente Citadas. A análise da relação entre trabalho e escola demonstra como a formação escolar, muitas vezes, atende aos interesses capitalistas Por outro lado, temos análises que mostram a educação como mediadora de tal relação, sendo uma forma de compreender o mundo e ter condições de sobreviver nele. Outro aspecto importante é a crise do modo de produção capitalista, com destaque para o período de 1970 a 1990. Esta pesquisa mostra como a educação pode ser urna das saídas para a desigualdade; não a única, mas uma aliada na formação do ser hurnano que, ao estabelecer o papel de mediadora entre escola e trabalhe, poderá obter bons resultados. É válido ressaltar que a intenção não é negar o progresso tecnico e os avanços educativos e de qualificação, mas disputar o controle hegemônico do progresso técnico e da qualificação, tirando da esfera privada e da logica da exclusão, para satisfazer as necessidades humanas, visando a igualdade e a democracia
Código: 000410397
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2007
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Marcia de Paula Leie
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: TCC
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 14-08-2012 10:37
Visitas: 588
Downloads: 309

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Stradiotto_Juliana_TCC.pdfDocumento PDF1881 Kb(1926354 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download