Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: A sexualidade infantil na creche : o que pensam educadores e funcionarios
Autor(es): Lucia Helena dos Santos
Palavras-chave [PT]:

Sexualidade , Infância , Creches
Resumo:
Resumo: Esta pesquisa teve por objetivo elucidar a compreensão acerca do desenvolvimento psicossexual humano, ou seja, como ocorre o desenvolvimento da sexualidade infantil, quais as manifestações sexuais mais freqüentes em crianças pré-escolares, bem como, investigar como os profissionais da educação lidam com estes comportamentos, qual a visão que possuem, quais as dúvidas mais freqüentes, o que lhes causa maior inquietação e quais as posturas adotadas frente às manifestações sexuais das crianças. Para tal, esta pesquisa foi realizada em um Centro de Educação Infantil (C.E.I) no Município de Jaguariúna que atende 130 crianças, de 4 meses a 4 anos em período integral e de 5 e 6 anos em meio período. Foram realizadas observações semanais, a fim de acompanhar o comportamento das crianças e identificar manifestações da sexualidade. Para uma constatação mais realista e efetiva da visão dos educadores e funcionários do C.E.I pesquisado. optou-se por uma pesquisa qualitativa, realizada através de entrevistas com estes profissionais. A fundamentação teórica ancora-se nos estudos de Piaget - para quem o desenvolvimento cognitivo e um processo de sucessivas mudanças qualitativas e quantitativas das estruturas cognitivas derivando cada estrutura de estruturas precedentes e o desenvolvimento cognitivo é dividido em estágios caracterizados por formas diferentes de organização mental que possibilitam diferentes maneiras do individuo relacionar-se com a realidade que o rodeia - e de Freud que descreveu o desenvolvimento da sexualidade humana, suas diferentes formas de expressão e sua evolução de acordo com etapas de desenvolvimento que ele denominou de fase oral, anal, fálica, de latência e genital. Esta pesquisa tentou promover uma reflexão sobre a sexualidade infantil e suas especificidades e sobre a possibilidade de uma educação sexual, senão emancipatória, pelo menos diferenciada que questione e critique o atual modelo de educação sexual reprodutor, buscando uma prática mais igualitária
Código: 000390938
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2006
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Cesar Apareciddo Nunes
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: TCC
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 20-10-2011 10:23
Visitas: 688
Downloads: 344

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Santos, Lucia Helena dos_TCC.pdfDocumento PDF926 Kb(947945 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download