Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Educação não formal e cultura popular : o trabalho do Projeto Gente Nova
Autor(es): Juliana Aline Gomes Viana
Palavras-chave [PT]:

Educação não-formal , Cultura popular
Resumo:
Resumo: A presente pesquisa teve como objetivo revelar o trabalho realizado pela coordenação do espaço de educação não-formal Projeto Gente Nova, conhecido como Progen, localizado na Vila Castelo Branco, em Campinas - SP e pelos educadores da oficina de percussão, baseada na cultura afro-brasileira, no sentido de permitir aos adolescentes freqüentadores da oficina, o reconhecimento e a valorização de suas raízes culturais, e como isso se no sentimento de pertencimento ao bairro - que se caracteriza como uma região na qual a marca da cultura popular se faz presente - e numa ligação mais profunda com a própria instituição. A pesquisa demonstra ainda como a oficina de percussão do Progen pode proporcionar aos educandos com maior talento, uma futura profissionalização e para todos os participantes, uma formação que permite a eles analisar criticamente as produções da cultura de massa e valorizar aquelas com base na tradição popular de raiz afro-brasileira. Foi utilizada a metodologia qualitativa com base na História Oral e as técnicas de pesquisa foram observação participante registrada em diário de campo e realização de entrevistas que se estenderam a duas diferentes categorias: educandos e educadores A presente pesquisa teve como objetivo revelar o trabalho realizado pela coordenação do espaço de educação não-formal Projeto Gente Nova, conhecido como Fragen, localizado na Vila Castelo Branco, em Campinas - SP e pelos educadores da oficina de percussão, baseada na cultura afro-brasileira, no sentido de permitir aos adolescentes freqüentadores da oficina, o reconhecimento e a valorização de suas raizes culturais, e como isso se reflete no sentimento de pertencimento ao bairro - que se caracteriza como uma região na qual a marea da cultura popular se faz presente - e nurna ligação mais profunda com a própria instituição. A pesquisa demonstra ainda como a oficina de percussão do Progen pode proporcionar aos educandos com maior talento, uma futura profissionalização e para todos os participantes, uma formação que permite a eles analisar criticamente as produções da cultura de massa e valorizar aquelas com base na tradição popular de raiz afro-brasileira. Foi utilizada a metodologia qualitativa eom base na Historia Oral e as técnicas de pesquisa foram observação participante registrada em diário de oarnpo e realização de entrevistas que se estenderam a duas diferentes categorias: educandos e educadores
Código: 000390130
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2006
Local de Publicação: Campinas, [SP ;
Orientador: Olga Rodrigues de Moraes von Simson
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: TCC
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 09-08-2012 15:25
Visitas: 425
Downloads: 515

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Viana_JulianaAlineGomes_TCC.pdfDocumento PDF2768 Kb(2834699 bytes)2 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download