Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Falta de formação pedagogica dos professores de ensino basico na Guine-Bissau nos anos 1975-1986
Autor(es): Cristina Mandau Ocuni Ca
Palavras-chave [PT]:

Educação , Formação de professores , Qualidade
Resumo:
Resumo: Este estudo focaliza o sistema educacional guineense, um sistema novo sujeito as constantes mudanças econômicas e políticas do pais. Considerado um sistema estável no ensino Básico Elementar (EEE) e Complementar (EBC) no período deve considerar-se uma acentuada expansão das matrículas no ensino secundário e seus posteriores desdobramentos. Apontamos suas deficiências de meios na rede física e agentes de ensino, nos recursos financeiros destinados ao setor no contexto dos limites da execução do Programa de Ajustamento Estrutural. Não há quadro normativo geral de referência que disciplinasse a estrutura do sistema educativo afetada pela implementação simultânea de reformas e inovações. A partir da implantação do programa de ajuste em 1986, na Guiné-Bissau, verifica-se uma baixa qualidade generalizada do sistema de ensino. Entre os indicadores salienta-se: a) os fracos resultados obtidos em testes de língua portuguesa e matemática, seja qual for o nível de escolaridade, seja à saida do curso regular de formação de professores para o ensino básico elementar; b) a baixa produtividade do sistema bem evidenciada nos 14,4 anos-aluno em média para obter o diploma de 4a classe (sérias) a que acresce 4,3 anos-aluno em media para vencer a 6a classe (sérias) e 14,6 anos-aluno para completar os cinco anos curriculares que constituem o ensino secundários fator considerado responsável pela baixa qualidade no ensino é a deficiente preparação do pessoal docente. Segundo dados referentes a professores do ensino básico elementar, apenas 2% eram docentes profissionalizados com o curso de Magistério Primário, sediados em Bissau capital; dos restantes 16% eram professores de posto diplomados, 41% eram monitores escolares com a freqüência de curtos estágios de formação pedagógica e 41% não tinham qualquer preparação para o ensino, sendo uma proporção significativa constituída por alunos do ensino secundário. As ações desenvolvidas para superação destes problemas têm uma eficácia reduzida considerando-se a heterogeneidade da clientela, carências de conhecimentos de base em que avultava o próprio dominio da língua portuguesa e elevada evasão dos professores docentes. Se analisam neste trabalho as relações entre as Escolas de Formação e Superação de Professores (EFSP) com sede em Bissau e Bolama c sua capacidade de equacionar quantitativa e qualitativamente a demanda existente do ponto de vista da qualidade da formação.
Código: 000350687
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2005
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Luis Enrique Aguilar
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: TCC
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 28-07-2011 15:23
Visitas: 535
Downloads: 311

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Cà, Cristina Mandau Ocuni_TCC.pdfDocumento PDF1950 Kb(1997003 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download