Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: O que não sabemos sobre o ensino superior noturno
Autor(es): Jacqueline Armando
Palavras-chave [PT]:

Ensino superior - Brasil, Escolas noturnas , Estudantes de escolas noturnas , Dificuldade de aprendizagem , Infra-estrutura escolar , Educação , Universidade e faculdades
Resumo:
Resumo: Este trabalho busca caracterizar a especificidade do ensino superior público noturno, mais detalhadamente na Faculdade de Educação da UNICAMP, do curso de Pedagogia, embora também se baseie em pesquisas efetuadas em outras instituições de ensino noturno, corn a intenção de encontrar uma perspectiva de análise mais ampla.Para aprofundamento do tema foram utilizadas observações de aula e exames de materiais de apoio ao estudante da UNICAMP. A partir dos objetivos propostos optou-se por um delineamento de pesquisa de natureza qualitativa. A pesquisa foi elaborada através de um instrumento diagnóstico - questionário - e estruturada na análise documental. A questão da qualidade do curso noturno atinge o ensino fundamental e o médio, chegando à faculdade tanto particular quanto pública. A expansão do ensino superior privado se deve à participação do ensino noturno nesse processo. Todos os estudos sobre ensino superior reconhecem duas características peculiares ao crescimento da rede privada: a predominância dos estabelecimentos isolados, como forma de organização e a dedicação quase exclusiva ao ensino na área de Humanas, com elevada oferta de cursos noturnos. 0 ensino superior noturno quase não tem história documentada, os estudos realizados então se baseiam na existência de raros documentos. A pressão dos estudantes excedentes das vagas das escolas públicas e privadas, no inicio dos anos 60, levou a abertura de faculdades no período noturno, a maioria de instituições particulares. Sendo assim, desde a sua origem não há como abordar as características do ensino superior noturno sem estabelecer uma relação entre educação e trabaIho.O anseio pelo ensino superior se dá pela constante busca de melhores condições de trabalho e à aspiração a uma formação profissionalizante. Para o aluno que trabalha durante o dia, o ensino noturno se configura como sua segunda jornada de trabalho. São esses mesmas alunos que se deparam com instituições, muitas vezes, incapazes de oferecer infra-estrutura adequada aos cursos noturnos com deficiência de iluminação nas salas de aula ou o não funcionamento de bibliotecas, laboratórios e setores administrativos. Outra observação é em relação ao tempo para estudar que é um dos grandes problemas enfrentados pelos alunos do noturno. Se toma um grande desafio resolver essa problemática que aliada a outros fatores como cansaço, fome e sono impedem uma aprendizagem de boa qualidade. A expectativa que se tem de um curso superior é que seus alunos sejam estimulados a se entusiasmar, comparar, descobrir e estabelecer relações para que a imersão na vida acadêmica tenha a autonomia necessária para a construção de conhecimentos. A formação pressupõe transformação das atitudes, dos modos de pensar e de sentir.
Código: 000330098
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2004
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: James Patrick Maher
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: TCC
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 13-07-2011 09:37
Visitas: 504
Downloads: 239

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Armando_JacquelineDamazio_TCC.pdfDocumento PDF993 Kb(1016526 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download