Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: E o pintinho era quadrado : o conceito de deficiencia nos livros infantis e os modos de percepção e participação das crianças frente ao tema
Autor(es): Daniela Ferreira Mendonça Marques
Palavras-chave [PT]:

Literatura infanto-juvenil , Deficiencias , Ambiente de sala de aula , Trabalho pedagogico em equipe , Prática de ensino
Resumo:
Resumo: Este trabalho é marcado pelo signo tanto do quanto do começo. Fim de curso e começo de uma nova vida em que se abrem inúmeras possibilidades que geram ansiedade, porque neste momento é saber o que fazer, mas é preciso escolher, pois tudo são escolhas e até mesmo o formato dado a este trabalho é fruto disso. Dando asas aos pensamentos e anseios construídos durante toda a minha existência, vou em busca de um novo recomeço agora sem a proteção da Universidade que nos caracterizava, dentre muitas coisas, como uma classe privilegiada capaz de construir o futuro do pais. Não somos mais somente esperança, é preciso ingressar no mundo do trabalho, ou arquitetar o sonho de uma futura pós graduação. É chegado o momento de não só mais idealizar, mas também de tentar por em prática os sonhos e os discursos construídos, tendo em vista que a prática não é a simples transposição da teoria, já que a prática pedagógica costuma implodí-las, sendo necessário muito "jogo de cintura" para sair das enrascadas e também muita sabedoria para compreender que cada um é um ser diferente e único, que constrói seus próprios caminhos, pois por mais que tenha visto teorias mil, ainda não consegui compreender totalmente como uma criança realmente aprende a ler e a escrever.Sei que é através dos outros, com os outros e mergulhada num mundo cultural, mas esta imersão e este contato se dão de tão diferentes formas que É impossivel precisar todos os detalhes deste processo. É chegada a hora de re?etir sobre tudo o que foi construido durante estes quase cinco anos de curso, é chegada a hora da síntese dos discursos, da percepção da incorporação dos discursos de outros em meu próprio discurso. É tempo de perceber que não sei mais até onde o que eu penso é realmente o que eu penso, ou é uma tecitura de vários pensamentos proprios - alheios incorporados através da interação com outras pessoas, outros discursos: belos, libertários, descartáveis, comprometidos, simplesmente verdades ou mentiras como nos diz Bakhtin.
Código: 000296367
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 1998
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Ana Luiza Bustamante Smolka
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: TCC
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 05-08-2011 11:06
Visitas: 445
Downloads: 1786

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Marques_DanielaFerreiraMendonça_TCC.pdfDocumento PDF1729 Kb(1770227 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download